Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Rolar para cima

Topo

Está viajando? Conheça a culinária local sem cometer ofensas

Está viajando? Conheça a culinária local sem cometer ofensas

|   11, mai 2016

FacebookTwitterGoogle+PinterestEmailWhatsApp

Quem viaja sabe: cada país tem suas regras – seja no trânsito, no modo de viver, no modo de falar… e no modo de se portar durante uma refeição. Gestos que são comuns aqui podem ser uma ofensa em outros países. Olha essas dicas para não pagar mico lá fora:

Itália
Nunca, jamais, peça temperos extras (como queijo, ketchup e mostarda) para a sua comida. Apenas use o que foi explicitamente dado para ser usado. Adicionar qualquer coisa extra ao seu prato é visto como uma ofensa ao chef. Também não peça cappuccino após a refeição, já que leite é visto como ruim para a digestão. Tome café puro – tomá-lo com leite após a refeição não chegar a ser uma ofensa, mas ficará muito claro que você é um turista.

Portugal
Outro país que considera um insulto pedir temperos extras. Além disso, não se esqueça da gorjeta: sempre dê 10%.

Japão
Não coloque seus hashis na vertical, enterrados no arroz, já que é uma prática aceita apenas em funerais, para alimentar espíritos. Em compensação, pode fazer bastante barulho ao comer seu macarrão, já que é sinal que você está apreciando a refeição. Além disso, caso esteja em um restaurante, não deixe gorjeta.

China
Ao contrário de muitos países, em que deixar restos no prato é falta de educação, na China é sinal de que o anfitrião não serviu comida o suficiente. Portanto, sempre deixe um pouquinho no prato. E fique à vontade para arrotar depois da refeição, já que é um sinal de apreciação pela comida servida. Assim como o Japão, não se deve dar gorjeta em restaurantes na China.

Finlândia
Os brasileiros gostam de conversar na hora da refeição, pois geralmente é um momento que muitas famílias e amigos põem o papo em dia. No entanto, se estiver na Finlândia, faça silêncio na hora da refeição, já que conversar durante o ato pode mostrar que você não está dando importância suficiente à sua comida.

Tailândia
Jamais use o garfo para levar alimentos para a boca. O garfo serve para ajudar a levar os alimentos para a colher, que então deve ser levado à boca.

Índia
Não coma com a mão esquerda. A mão esquerda é associada com sujeira, já que é a mão que se usa no banheiro, para se limpar.

Coréia do Sul
Ninguém deve se servir até o homem mais velho da mesa começar, e nunca se levante da mesa até que essa mesma pessoa tenha terminado. Além disso, aviso aos amantes de cães: carne de cachorro é bem popular na Coréia do Sul.

Rússia
Oferecer uma bebida a alguém é sinal de confiança e amizade, e recusar um drink é bem mal visto. Aliás, vodka lá não deve ser misturada com nada, nem com gelo.

Irlanda
Outro país que você não deve recusar bebida – é um ato de extrema grosseria.

França
O pão deve ser comido junto com a comida, não como aperitivo, e deixe-o sempre na mesa, e não no prato. Descanse as mãos sempre em cima da mesa, nunca no colo. Na hora da conta, é extrema falta de educação dividir; pague a conta toda ou deixe para a outra pessoa pagar. Jamais palite os dentes. Mas, caso dê uma passada na Itália, pode fazer isso à vontade, já que é um sinal que apreciou a comida.

Hungria
Está comemorando algo na Hungria? Jamais brinde batendo taças. Bater taças remete à derrota da Hungria para a Áustria durante a Revolução Húngara, que aconteceu em 1848.

Chile
Não toque em nenhuma comida com as suas mãos. Use sempre talheres, por mais que a comida pareça “beliscável”.

México
Na terra dos tacos, usar talheres para comê-los é considerado bem esnobe.

Singapura
Chiclete não é bem comida, mas é quase. Então, vamos falar dele: não masque chiclete em Singapura – a menos que seja medicinal. Mascar chiclete por lá é crime e malvisto em alguns outros países, como na França – por exemplo.

Emirados Árabes Unidos e outros países islâmicos
Durante o período do Ramadã, é proibido comer ou beber em público desde o raiar até o pôr do sol. Se você desobedecer à lei, terá que pagar uma multa.

Suécia
Nunca brinde com pessoas mais velhas que você ou pessoas de posição hierárquica superior à sua – são os mais velhos (ou importantes) que devem tomar a iniciativa. E só toque em sua bebida após o anfitrião dizer “skoal”.

Paquistão
Aos apaixonados, fica o aviso: homens e mulheres comem separadamente.

Zâmbia
Caso você visite alguém na hora do jantar, não espere o anfitrião lhe servir… até que você o peça. Ao contrário da maioria dos países, é indelicado que o anfitrião ofereça a comida.

Bélgica
Come-se com o garfo na mão esquerda – não importa se você é canhoto ou não.

Com essa pequena lista, dá para ver que as coisas podem ser muito diferentes lá fora. O simples ato de pedir pimenta ou queijo pode ser um insulto em outros países! Portanto, quando for viajar para um lugar novo (até mesmo dentro do Brasil!), procure se informar antes sobre regras de etiqueta e comidas típicas. Caso não tenha nenhuma ideia de como os pratos são, ou se estiver num dia em provar a culinária local não te apetece, vale a pena dar uma olhada em sua própria cidade e ver se tem um restaurante delivery que sirva comidas do local que você visitará.

Não se esqueça também de um bom livrinho de bolso sobre o país. Procure um que fale de boas maneiras locais, pois eles ajudam um bocado. Se não encontrar, sempre tem o bom e velho Google.

Bom aprendizado e boa viagem!

Este post contém links patrocinados!

Este post contém links patrocinados!


  • Quer receber mais dicas de viagem?

    Então curta nossa página no Facebook
    Siga @DaPortaPraFora no Twitter
    Veja nossas fotos no Instagram

  • Comentário

    1. Muito interessante seu post, adorei as dicas!

    Enviar comentário