Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Rolar para cima

Topo

Guia da Chapada dos Veadeiros

Guia da Chapada dos Veadeiros

|   16, mar 2015

FacebookTwitterGoogle+PinterestEmailWhatsApp

Uma vez li numa revista que “o melhor lugar do mundo é aquele que faz você se sentir parte”. Pois bem, a Chapada tem o poder de fazer você pertencer a ela.

A Chapada tem jeito de cartão postal, e como tal é um lembrete da beleza que há no mundo, da pureza e simplicidade de que somos feitos. Já viajei muito e demorei pra conhecer a nossa famosa Chapada dos Veadeiros, mas acredito que tudo acontece na hora certa. Só sei dizer que a espera valeu a pena, foi do jeito que tinha de ser. Fui uma e voltei outra. Talvez não tivesse essa percepção se tivesse conhecido a Chapada em outra época da minha vida.
Chapada-dos-Veadeiros-06
Voltei da Chapada dos Veadeiros um pouco mais brasileira, mais inteira. Era tanta água lavando as tortuosidades vivas que me afoguei em encantamento e paixão pelo Cerrado, mas tinha que respirar. E respirei. Ar puro, seco, sereno e com barulho de vento varrendo a noite. Andar no Cerrado é conversar com os ancestrais, é acessar o fogo que transforma e renova tudo. A mata, a terra, a gente.
Chapada-dos-Veadeiros-05

É ver a vida resistindo e se sobrepondo aos poréns todos. Os dias claros e as tardes alaranjadas ardendo em Sol purificam os pensamentos e nos convidam a uma conexão. Voltei apaixonada pelos cristais brotando em qualquer chão pisado, assim, rosados de tanto amor pela mãe Terra. Lugar de aldeias e quilombos infinitamente legítimos. Lugar de hippies, viajantes, místicos e qualquer um disposto a olhar e ver. Engana-se quem pensa que a Chapada é um lugar de olhar pra fora. Ao vivenciar todas aquelas cores , texturas e sensações, não dá outra: os olhos se viram pra dentro.
Chapada-dos-Veadeiros-08

Dizem por aí que, devido à placa de cristal de quartzo na qual está situada, uma das formações geológicas mais antigas da Terra, a vibração energética da Chapada é especial. A Chapada é considerada não só o coração do Brasil, mas também o chakra cardíaco do planeta. Por ali passa o paralelo 14, o mesmo que corta a lendária Machu Picchu, cidade perdida dos Incas no Peru, reforçando o misticismo que cerca a Chapada. O fato é que a Chapada dos Veadeiros é um lugar realmente lindo, rico em belezas naturais, paisagens espetaculares e pessoas de coração enorme.

Chapada-dos-Veadeiros-02

Uma coisa é fato: você não precisa ser místico, natureba ou gostar de terapias holísticas pra se beneficiar da energia positiva do lugar. Basta estar aberto ao que vier e apreciar sua natureza, isso não exige rótulos.

O que fazer na Chapada dos Veadeiros

Alto Paraíso, a porta de entrada

São Jorge

Cavalcante

Onde ficar em Alto Paraíso de Goiás

A matula e o Rancho do seu Waldomiro

Chapada-dos-Veadeiros-07

Vai lá e me conta.


  • Quer receber mais dicas de viagem?

    Então curta nossa página no Facebook
    Siga @DaPortaPraFora no Twitter
    Veja nossas fotos no Instagram

  • Comentário

    1. DIEGO ERNAN

      Olá, Adriana!
      Acabei de voltar de lá, tinha pego umas dicas aqui no seu Blog!
      Paisagens de tirar o fôlego na região da Chapada, me surpreendi.
      Consegui conhecer muita coisa nos poucos dias q estive por lá:
      – Cataratas dos Couros;
      – Vale da Lua;
      – Trilha dos Cânions e Cariocas no Parque Nacional;
      – Trilha dos Saltos e Corredeiras no Parque Nacional;
      – Almécegas I, II e Cachoeira São Bento;
      – Cachoeira Santa Bárbara (o ponto alto da viagem) e da Capivara, ambas em Cavalcante.

      Valeu pelas dicas, agora estou estudando o Equador (já peguei suas dicas), estou indo pra lá em Setembro, pretendo conhecer Quito, Guayaquil, Cuenca (se der tempo) e Galápagos.
      Abraço!

    Enviar comentário